Mônica

Just another WordPress.com weblog

Cirque du Soleil março 10, 2010

Filed under: Sucesso — Mônica Guidoni @ 10:01 pm
Tags: , , , , , , ,

Cirque du Soleil – Lições sobre o processo criativo e cultura da empresa…

1-A RAZÃO DE SER DO NOSSO TRABALHO – …é importante lembrar às pessoas que, qualquer que seja sua função do Cirque du Soleil – sejam acrobatas ou contadores-, é por esses shows que elas fazem o que fazem. Isso ajuda a manter a motivação da equipe.

2-A PAIXÃO É A ALMA DE TUDO O QUE FAZEMOS – …temos prazos e orçamentos, sim, e como! É incrível a capacidade de motivação que os limites de tempo, dinheiro e recursos podem ter. Algumas de nossas idéias mais inspiradas surgiram das mais espartanas situações.

3-UM NOVO JEITO DE PENSAR – …o que a gente faz aqui no Cirque não é mera ginástica, queremos artistas! Há uma grande diferença. Muitos dos artistas do Cirque são ex-ginastas, habituados  a competições, eles nunca são estimulados a ser criativos ou trabalhar em equipe, aqui precisam aprender isso.

4-MELHOR VOCÊ SE ARRISCAR – …a criatividade tem a ver, antes de mais nada com coragem – a disposição para correr riscos, experimentar coisas novas e compartilhar experiências com os outros.

5-COM OS OLHOS DO PÚBLICO – …uma das diretoras artísticas faz questão de estar presente a todas as apresentações e passar ao grupo suas observações, fazendo com que todos entendam a importância de ver o negócio com os olhos do cliente, e no conjunto.

6-NADA DE CONCESSÕES – …não existe meio termo quando se fala em aspectos de segurança e aparência. Precisamos de 100% de segurança o tempo todo, e de 100% de estética. É isso que torna tudo tão desafiador, é o que nos obriga a sermos criativos: nada de concessões.

7-O MEDO DO SUCESSO – …nossos medos nos retêm e impedem de atingir nossas metas. Só se nos dispusermos a correr riscos podemos esperar realizar algo extraordinário.

8-ERRE MESMO, COM VONTADE – …é importante que nossos artistas cometam erros aqui, com a gente por perto, porque com certeza errarão durante a excursão, longe de nós, ou seja, não penalize as pessoas pelos erros que cometem e sim, estabeleça uma forma de entender e ajudar as pessoas a não errarem mais, principalmente na frente da “platéia”.

9-ARRISQUE-SE – um acrobata de 27 anos diz: …eu amo desafios, adoro mudanças, gosto de fazer as coisas do meu próprio jeito! É por isso que sou apaixonado por meu trabalho, se algum dia eu perceber que deixei de ser feliz, ou perdi minha liberdade dentro do que faço, vou fazer outra atividade.

10-DANCE CONFORME A MÚSICA – …se tentamos forçar nossa mente a seguir determinados rumos, ela resiste, como a roda alemã (um dos equipamentos do show do Cirque). Por outro lado, se confiarmos em nossa imaginação, ela nos leva a lugares surpreendentes.

11-SAIA DA SUA ZONA DE CONFORTO – …enfrentamos nossos medos todos os dias, o fato é que “queremos” nos assustar um pouco, a fim de atingirmos nossos limites e ultrapassá-los, é preciso lançar-se do precipício primeiro, para só então começar a voar. O maior perigo não é fracassar, mas se acomodar, atingir determinada altitude e colocar o show no piloto automático.

12-TRABALHE COM O QUE VOCÊ TEM – …sai gente, entra gente, os artistas se machucam –  as vezes no meio do palco. Temos de encontrar meios de colocar tudo para funcionar com o que temos. Cada apresentação é um grande quebra-cabeça – mas isso vale para qualquer profissão, não é? O segredo é contar com pessoas capazes de pegar recursos limitados e fazer algo especial.

13-ATENÇÃO AOS DETALHES – um artista que pega fogo comenta: …aprendi a prestar extrema atenção aos detalhes – em primeiro lugar, porque minha vida depende disso, mas também porque, assim, cada vez o espetáculo varia um pouquinho. Numa noite, fico prestando atenção em como o fogo responde quando mexo meu braço direito, na outra, percebo que o jornal queima de um jeito diferente de meus sapatos, aconteça o que acontecer, cada noite é como se fosse a primeira vez.

14-FLEXIBILIDADE – …a maior parte do tempo, a gente simplesmente dá um duro danado, quem fica esperando que sua musa lhe caia no colo para lhe trazer inspiração pode acabar esperando o dia inteiro  e não ter nada para mostrar depois. Sem nenhum problema para enfrentar, faço o que já era esperado, em vez de alguma coisa empolgante.

15-APRENDENDO A CONFIAR – …a vida é assim mesmo, nunca me arrependo quando tento alguma coisa que não dá certo, mas sim daquilo que nem chego a tentar, por medo ou por não querer sair de minha zona de segurança. Para viver a vida em toda a sua plenitude, é preciso confiar.

Texto extraído do livro Cirque du Soleil – a reinvenção do espetáculo, fala de uma história de inovação sem limites do maior circo do mundo.

 

3 Responses to “Cirque du Soleil”

  1. alinedal Says:

    Muito legal esse texto!!! E vale para tudo em nossas vidas!!!
    Bjos um abraço!!

  2. Oi Aline , muito obrigada pelos comentários!
    bj

  3. heverton Says:

    oie.. mais uma vez adorei.. bjs e otimo fds


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s